quinta-feira, 29 de junho de 2017

Manifestado

Trazendo sempre por toda parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus [zoé] se manifeste também em nossos corpos. E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues a morte por amor de Jesus, para que a vida [zoé] de Jesus se manifeste também em nossa carne mortal. 2 CORÍNTIOS 4.10,11

Paulo está discorrendo a respeito da manifestação da zoé em nós. Não está falando da ressurreição do corpo, porque o mesmo está sujeito à morte. A atenção de Paulo centra-se no fato de termos essa vida zoé de Deus, que entrou em nosso espírito quando nascemos de novo.
Estou convicto de que, se andarmos na luz, deixando que aquela vida que ganhamos na ocasião do nosso novo nasci­mento nos domine, Deus nos concederá anos de vida e paz. O homem exterior pode perecer. Todavia, em nosso espírito, a zoé de Deus se manifesta!


Confissão: "Obrigado, Pai, porque a vida que está no meu espírito poderá também vivificar meu corpo mortal. Ela pode deixar meu corpo cheio de vida, saúde e cura. Isso porque, no grande plano da redenção, não somente há o novo nascimento do meu espírito, como também há cura para meu corpo. Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si (Is 53.4a). Pelas pisaduras de Jesus, fui sarado espiritual, física e mentalmente. De acordo com a Palavra de Deus, sou curado!"